12/mar/2017 por

Todas as mulheres são belas

“Todas as mulheres são belas”

Todas as mulheres são belas
Vermelhas, negras, brancas, ruivas,
pardas, mamelucas, amarelas.

Todas as mulheres são belas
Vermelhas, negras, brancas, ruivas,
pardas, mamelucas, amarelas.

Ana, Clareana, Fabiana, Lígia, Léa são belas,
cabelo solto, liso, crespo, curto, longo
ou preso com fivela.

Atrizes, meretrizes, de salto ou de chinela
Alta, baixa, grande ou magrela.

Todas as mulheres são belas
Vermelhas, negras, brancas, ruivas,
pardas, mamelucas, amarelas.

As que passam pelas ruas, praças,
vilas, becos ou favelas.
As elegantes, insinuantes,
as maduras, as donzelas.

As ávidas, as grávidas, atrizes de novela,
em sede, jeans ou Hobby de flanela.

Predestinadas a conceber,
se perpetuar qual flores na janela,
poder de dar a luz e florescer,
é dado à elas.

Todas as mulheres são belas
Vermelhas, negras, brancas, ruivas,
pardas, mamelucas, amarelas.

Acompanhe as publicações e curta a página d’O Novelo no Facebook aqui